sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

AGORA VOCÊ JÁ É CLIENTE....


Estive conversando com uma ex- namorada que me disse que tinha projetos para abrir uma empresa, eu achei muito bom que ela estivesse tendo esse pensamento em meio a uma crise, e me senti na obrigação de falar alguma coisa para ela.

Então vou reproduzir aqui uma história que eu ouvi há muito tempo atrás:

Um empresário muito bem-sucedido que fazia de tudo para atrair os clientes e depois não fazia nada para manter-los morreu isso mesmo passou pro Senhor como diz a minha mãe. Quando chegou ao céu ele foi recebido por São Pedro, que abriu um livro para ele assinar, tinha uma coluna com a palavra céu e outra com a palavra inferno. O mega-hiper-super empresário macaco velho pensou “aqui tem treta” isso deve ser uma pegadinha, eu nunca fiquei sabendo que a gente podia escolher. Mas ele era um grande mestre na área do marketing e perguntou a São Pedro se ele podia fazer um test- drive? “o Senhor entende né? Eu gosto de conhecer direitinho o que eu estou comprando.” São Pedro balançou a cabeça e deu uma risadinha de um santo e falou: tranqüilo meu filho, passe um dia em cada site (empresa) compare e escolha com calma.

O primeiro lugar do teste foi no céu. O recém defunto achou o céu muito legal, lá tinha tudo, um tempo maravilhoso, uma temperatura ótima, tudo calmo, suave & light como costumo dizer. No dia seguinte foi a vez da visita ao inferno, o lugar fervia, mas no bom sentido é claro. Tinha um baile funk “boladão” com a que equipe era a furacão 2000, várias neguinhas com o “cabelo cachoeira” dando molinho para ele, tinha bebida liberada churrasco rolando solto, uísque com red Bull, ice e outras coisas mais que não posso falar aqui, mas que você pode imaginar do que eu estou falando, nos intervalos do funk era a vez do pagode e do samba, com aquelas mulatas maravilhosas e aquelas modelos que descansam durante o dia. Pronto o empresário voltou a se encontrar com são Pedro e não titubeou assinou na coluna INFERNO.

Imediatamente foi transportado para as profundezas do calabouço do capeta, dentro do caldeirão ele viu um capetinha esquentando um ferro daqueles usados para marcar gado. Ele entrou em pânico e começou a gritar que se tratava de um engano, que ele tinha escolhido ir para outro lugar, para o inferno. O capeta parou e falou: mas você está no inferno meu caro, e deu aquela risadinha de quem diz se ferrou de verde e amarelo. O empresário ficou surpreso e perguntou, mas cadê as minas, a bebida e o tamborzão ele tinha visto no dia anterior. O capetinha pegou o ferro já em brasa e conforme ele ia se aproximando do grande empresário bem sucedido, explicou que isso tinha sido ontem, quando ele era um cliente em cliente em potencial. AGORA, encerrou a conversa, “VOCÊ JÁ É CLIENTE”.


“Já que você vai ser uma futura empresária, faça de tudo para atrair o seu cliente e faça o dobro d esforço para manter-lo, hoje as empresas tratam os clientes em potencial como reis, e após se tornarem clientes tratam como bobo da corte, o pós venda é fundamental para qualquer empresa”.
Anderson Ferreira

Um comentário:

BLOG disse...

Ola YARA, obrigado pelo seu comentário:
Em primeiro lugar gostaria de agradecer a Deus por ter conhecido uma pessoa tão especial como você é, realmente foi um presente de Deus ter conhecido você, obrigado por existir.
Gostaria tambem de agradecer pelo seu cometário sobre esta postagem, realmente você me passou uma visão que eu não tinha observado.
O que eu publiquei foi uma historia que eu ouvi tempos atras e claro como tudo que eu faço dei um toque Anderson Ferreira nela, para poder mudar a cara da historia, mas sem mudar o sentido. Quando coloquei no texto o termo " NEGUINHAS DE CABELOS CACHOEIRA" em momento algum foi aminha intenção menosprezar ou ofender algum mulher afro-descendente, jamais. Esse termo nos utilizamos pelo menos no meu convivio. Meus amigos sabem disso, quem convive comigo sabe disso.
O termo BAILE FUNK,tambem não pode ser considerado preconceituoso, pois quem me conhece sabe os bailes da vida que eu frequentava, e como eu vou querer ser contra aqueles lugares que por diversos momentos em minha vida eram a unica forma de divertimento? Nunca!
Poderia usar termos diferentes? poderia sim. com certeza. poderia falar que o empresário chegou ao inferno e tinha uma festa reavy(tambem seria preconecituoso com o playboys?), ou falar que estava acontecendo uma festa de gran fino(seria preconceituoso com os ricos?), poderia dizer que a festa estava cheia de mulheres loras de olhos verdes(seria preconecituoso com elas?) ou simplesmente poderia colocar que ele chegou ao inferno e estava ocorrendo uma festa.( mas ai não seria uma historia narrada pelo Anderson Ferreira), porque se você analizar bem o meu BLOG está escrito no alto da pagina como slogan "ENTRETENIMENTO, INFORMAÇÃO E ECONOMIA", e entretenimento para mim é isso, dar uma cara mais alegre as coisas, todos os meus textos tem um pouco de humor, porque eu sou uma pessoa assim: BEM HUMORADA. Ate quando vou falar de coisas serias eu tenho um pouco de humor, isso é entretenimento em minha opinião.
Calro que o texto poderia ser seco e frio, mas isso é um BLOG, onde as opiniões são livres e as formas de se expressar também, não sigo uma linha editorial de jornais e revistas. O nome do BLOG está dizendo como ele é: ANderson = ao meu jeito de pensar, de olhar a vida. ECONOMIA= para falar da unica forma apos Deus que é capaz de mudar a vida de milhares de pessoas ao mesmo tempo.
O que me admira no seu comentário é o fato de você não reclamar do termo MULATA quando eu falo do samba e do pagode, já que você estava com o espirito Malcom X(rsrsrs), pois esse termo foi inventadao para as mulheres assumirem a sua exploração, utilizando o termo mulata como profissão.
Peço desculpas se você se seniu ofendida, e quanto a essa discussão sobre racismo, em minha opinião no Brasil não existe racismo, o que existe é um grande preconceito social, onde você vale o que vc tem, onde vc vale o cargo que vc ocupa, onde vc tem o status de acordo com o seu carro, roupa, escolaridade e etc... O preconceito racial? está superado, ainda mais em um país com uma mistura de raças como os nossos, esses pensamentos atrasados, essa coisa de guerra contra os brancos, e tal não fazem parte do seculo XXI, temos que lutar para que todas as pessoas tenham igualdades de oportunidades independente de sua raça, posição social ou status. A cor da pele é um mero detalhe, o que conta é a moral, a etica, a inteligencia e acima de tudo a conscientização de que todos são iguais desde o principio, mas que uns se destacam e outros não.
Mas a sua critica foi muito bem vinda, e fique sabendo que é uma pena mesmo, perder uma leitora como voce de grande qualidade e com um paladar critico tao aguçado.
voce chegou a ler a frase do dia, que está no inicio das postagens? acho que ela responde bem melhor ao seu comentario do que qualquer palavra que eu tenha escrito aqui.
Fique com Deus e obrigado pela visão que você me passou.

Anderson Ferreira
BLOG

TV- Anderson Economia

Watch live streaming video from andersoneconomia at livestream.com